Ano Novo na IP Jóquei!

foto (29)

 

Você é nosso convidado!

Confirme sua presença com o Pr. Leonardo.

Publicado em Convite | Deixe um comentário

Por que todos ficam felizes nesta época do ano, enquanto eu fico triste?

É com esta frase que se inicia “Um natal para Charlie Brown”, um especial de TV de 1965, estrelando a turma do Peanuts, ou como ficou conhecido aqui no Brasil, Snoopy e sua turma. O desenho conta a história da frustração de Charlie Brown em estar triste nesta época do ano. Como ele mesmo diz, ele ama ganhar presentes, enviar cartões de natal, mas, está faltando alguma coisa.

As pessoas da minha igreja já sabem, e todo ano neste período de festas eu assisto este desenho. Mas por quê? Por que eu gasto 25 minutos todo ano assistindo um desenho que virtualmente eu já sei decorado?

Porque este desenho me lembra do óbvio. O que vemos nesta pergunta e infelicidade daquela criança, é um eco da pergunta já feita pelo jovem rico há mais de dois mil anos atrás. Como dinheiro, posses, festas e presentes não podem e não trazem sentido para a vida. Todavia quando olhamos neste período do ano de shoppings cheios e preparativos para festa, parece que tudo se resolve. Parece que os problemas estão resolvidos ou podem ficar para depois, que os presentes serão eternos, mas se pararmos para observar um minuto, vamos chegar a mesma conclusão daquela criança.

Se tentarmos justificar a nossa vida apenas em um dia no ano para dar e receber presentes, comer muito e se confraternizar, é uma ilusão que qualquer criança pode padecer. Mas se o verdadeiro Natal é celebrado em nossas vidas todos os dias, se entendermos que o que Cristo fez por nós nos dá uma alegria independente da estação ou data, a pergunta acima vira “Por que todos estão tristes, enquanto eu estou feliz?”

Nós não precisamos de uma data, seja ela qual for, para ficarmos feliz ou ansiosos, mas sim precisamos de uma pessoa, de Cristo para mostrar muito mais que o verdadeiro sentido do natal, mostrar que está faltando algo em nossas vidas, como esteve no jovem rico, como esteve no Charlie Brown, e ele se tornar então o nosso grande presente!

Deus os abençoe e boas festas, se for em Cristo, será todos os dias.

Em Cristo,
Pr. Léo

Publicado em Textos | Deixe um comentário

Diretoria UMPJ 2014

No domingo 15/12/2013, foi eleita a nova diretoria da nossa mocidade. Que Deus continue abençoando a vida de cada um dos nossos jovens e que eles permaneçam alegres na esperança, fortes na fé, dedicados no amor e unidos no trabalho! 

Diretoria UMP Jóquei para 2014:

Presidente: Ayrton,
Vice-presidente: Naira Neide,
1ª Secretária: Isabele,
2ª Secretária: Danandra,
Tesoureira: Hellen.

FOTO POSTAR UMP

Publicado em Aviso, UMP Jóquei | Deixe um comentário

UMA PALAVRA AOS TRISTES

Nesta terça-feira, 16 de Dezembro, uma tragédia assolou nossa cidade de Teresina. Um avião monomotor explodiu e com isso a vida de seus 4 passageiros foram ceifadas. Você deve conhecer um deles, ou todos, ou ser vizinho de algum deles. Portanto, neste breve texto eu apenas gostaria de trazer uma palavra baseado em um texto bíblico para todos nós.

A Palavra do Senhor em Hebreus 4: 14 – 16 nos diz:

Visto que temos um grande sumo sacerdote, Jesus, Filho de Deus, que penetrou nos céus, retenhamos firmemente a nossa confissão.
Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém, um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado.
Cheguemos, pois, com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno.”

O escritor aos hebreus aponta como temos em Cristo um sumo sacerdote maior do que qualquer sacerdote da antiga aliança, todavia, tal sacerdote não é distante de nossas necessidades ou alheio aos nossos sofrimentos. Muito pelo contrário! Veja que o texto diz que ele se compadece de nossas fraquezas justamente porque ele foi tentado em todas as coisas mas não pecou.

Ou seja, Cristo ele enfrentou todas as tentações que nós possamos vir a ter. A tentação de cair em desespero diante da face morte, de não fazer o que é mandado, de abrir mão de suas prioridades e se chamado, de trocar os prazeres divinos por prazeres mundanos. Cristo sabe o que é passar por essas coisas e mais que isso.

Mais do que perder um filho ou ente querido, Cristo sabe o que é ser abandonado pelo Pai por pessoas que não merecem tal amor. Percebe? Em Deus nós temos alguém que sabe o que é dor de perder um filho, em Cristo, a dor do que é morrer numa cruz por pessoas que não apenas queriam ele morto mas o mataram, em no Espírito Santo, temos o consolo que a todo entendimento excede.

Todo nós que estamos chorosos, tristes por esta triste notícia, devemos correr para o conforto de Cristo como Sumo Sacerdote perfeito, para que ele nos leve para o colo daquele que sabe o que é dor de perder um filho e nos dê o consolo no Espírito.

Toda a doutrina da Trindade nos consola em um momento como esse. Como Deus em sua plenitude sabe o que nós estamos sentindo, não por simpatia, mas por ter sofrido na pele a mesma situação e nos oferece mais do que o consolo, nos oferece a vitória.

Do mesmo jeito que Cristo venceu as tentações, pelo o que Ele fez por nós também podemos. O luto pode durar por um tempo, mas por aquilo que Ele fez, temos a certeza e a esperança que até na hora da morte somos consolados e amparados.

Meu desejo e oração é que cada família que perdeu um filho, sobrinho, irmão, amigo, possa se esconder nesta verdade. Possa encontrar abrigo nela para que a alegria venha pela manhã. Mesmo que tal manhã pareça tão longe.

Em nome da Igreja Presbiteriana do Jóquei, nós verdadeiramente nos solidarizamos com sua dor e mais que isso, corremos para , Cristo, nosso Sumo Sacerdote que se solidariza conosco e nos oferece graça em situação oportuna. Que tal verdade que nos consola, possa ser a de vocês também.

Nossos sentimentos e estamos em oração por todos vocês.

Triste, mas em Cristo,

Pr. Léo

Publicado em Textos | Deixe um comentário

Último Encontro de Casais de 2013!

1474565_584707788250727_1942149880_n

Imagem | Publicado em por | Deixe um comentário

Agradecimento – 12º aniversário

7062_579479685440204_1383103472_nLouvado seja o nome do Senhor! Ontem, na 3ª e última noite de comemoração pelo 12º aniversário da IP Jóquei, houve festa também no Céu! Tivemos 6 batismos de adultos, 8 profissões de fé, 9 batismos infantis e 8 novos membros sendo recebidos oficial e publicamente na igreja. Estamos muito felizes e somos gratos a Deus por tantas bênçãos que Ele tem derramado sobre a nossa igreja. Obrigada, Senhor.

Publicado em Aviso | Deixe um comentário

AMANHÃ

IpJoquei_12_final (1)Não existe ninguém que possa prever o amanhã. Por mais que nos planejemos para algo, tudo está nas mãos de Deus. Não temos certeza se o que queremos ou pensamos vai se concretizar. Isso deve gerar em nós uma dependência ainda mais do Senhor para que confiemos nEle em qualquer situação mesmo que o amanhã seja incerto para nós.

Não quero dizer com isso que o amanhã será tenebroso, ou que não devemos nos planejar para o futuro, apenas deixar claro que nossa dependência não deve ser no passado ou presente, mas exclusivamente nas riquezas espirituais que já foram conquistadas para nós em Cristo.

Mas pastor, por que o senhor começou o texto de forma como costuma terminar? Porque minha vontade era de começar dizendo que se o futuro depende do presente, grandes coisas acontecerão ainda em nossa igreja. Estamos recebendo aproximadamente 15 pessoas, 8 batismos infantis. Tivemos um aumento considerável de alunos em nossa Escola Bíblica Dominical e de frequência nos cultos a noite. Sem contar os já nossos famosos bebês que aumentam a igreja de forma natural.

Na minha curta experiência pastoral, não me lembro de ter passado ou ouvido de uma igreja que tenha acontecido tanto em tão pouco tempo. Poderia com isso dizer que o amanhã de nossa igreja será glorioso! Enquanto Igreja, temos a certeza que o amanhã será glorioso porque encontraremos com o noivo, o senhor Jesus Cristo. Enquanto Igreja Presbiteriana do Jóquei, devemos é ter a plena certeza de que tudo o que disse acima só Cristo tem méritos.

É ele que chama famílias, abre corações, transforma vidas. Toda honra, alegria e glória do aniversário de nossa igreja é dado apenas ao Senhor Jesus. Como pastor estou aqui apenas a 3 anos, mas espero que os próximos anos, mesmo que incertos, sejam anos em que possamos continuar a ver a glória do Senhor em nossa igreja, através dos cultos, da comunhão e da santidade de cada irmão.

Em Cristo, e confiante nEle para o amanhã,

Pr. Leo

Publicado em Textos | Deixe um comentário

O SUPRIMENTO DA GRAÇA

(2 Coríntios 12: 7-10)

IpJoquei_12_final (1)É bem provável que você já tenha orado alguma vez e não teve a resposta positiva para a sua petição. Você teve que ouvir a vontade de Deus que respondeu com um sonoro “NÃO”. Qual terá sido a sua reação? Murmuração, blasfêmia, in-conformismo (eu não aceito isso) ou tristeza?
Então você precisa considerar seriamente este texto das Escrituras.

O apóstolo Paulo teve uma extraordinária experiência e foi até ao terceiro céu onde ouviu coisas inefáveis que não lhe foi liberado contar aos homens. Esta experiência, no entanto, poderia se tornar uma fonte para externalizar seu “ORGULHO”, por isso Deus resolveu tratar deste gravíssimo problema usando satanás como seu agente encravou-lhe um espinho na carne para esbofeteá-lo. Isto causou um incômodo terrível na vida deste apóstolo que procurou resolver da forma correta: Recorreu a Deus em oração e por três vezes pediu que este problema fosse sanado. O Senhor respondeu com um “NÃO”. Esta foi a amável, bondosa e providencial resposta de Deus.

O “NÃO” de Deus veio acompanhado de uma doce e generosa provisão: “A minha graça te basta, porque o poder se aperfeiçoa na fraqueza”. O que Deus está falando com o seu eleito apóstolo é que ele dependa mais de Deus em todas as suas lutas e Deus o suprirá com graça suficiente para que ele possa suportar e se deleitar com a resposta de Deus: Seja “SIM” ou “NÃO”. Assim aprenderá que na dependência total de Deus há suprimento de graça para enfrentar todas as batalhas e na dependência completa de Deus é que temos a verdadeira força para enfrentar os nossos inimigos: O mundo, a carne e o diabo e vencer na carreira da vida cristã. Amém!

Pr. Izaias Monteiro

Publicado em Textos | Deixe um comentário

IGREJA: POVO DE PROPRIEDADE EXCLUSIVA DE DEUS

“Vós, porém, sois raça eleita, sacerdócio real, nação santa, povo de propriedade exclusiva de Deus, a fim de Proclamardes as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz; vós, sim, que, antes, não éreis povo, mas, agora, sois povo de Deus, que não tínheis alcançado misericórdia, mas, agora, alcançastes misericórdia”. I Pedro 2.9-10

IpJoquei_12_final (1)Dentre todos os termos especiais que identificam a Igreja no texto acima, “ser povo de propriedade exclusiva de Deus”, é o que mais nos fala de perto ao coração. Enquanto, para a melhor compreensão do que é ser raça eleita, sacerdócio real e nação santa, é necessário um conhecimento do Velho Testamento, ser povo, não é preciso de esforço algum. Ainda hoje em alguns lugares de nosso país é comum referir-se aos familiares como “meu povo”. Pertencer ao povo de Deus é o mais alto privilégio que um ser humano pode desfrutar, porque nem todos fazem parte do “Seu povo” (vs. 10). Somente aqueles que, chamados por Sua exclusiva misericórdia das trevas para a luz, gozam dessa especial bênção. Como povo de Deus fomos chamados não somente para a salvação, mas também para o serviço do Seu Reino, para proclamar com alegria o testemunho da grande salvação realizada por Deus, em favor do Seu povo eleito.

Deus sempre fez questão de identificar os que lhe pertence como Seu povo. Ao comentar o texto a (Bíblia de Genebra) assim o descreve “A linguagem de Pedro, nestes versículos, aplicando à Igreja os termos do Antigo Testamento referentes a Israel, afirma a continuidade entre o Israel do Antigo Testamento e a Igreja do Novo Testamento. Israel e a Igreja são representados como o único povo de Deus”.

Comemoramos o 12º da Igreja Presbiteriana do Jockey, que ininterruptamente tem se reunido com o mesmo propósito pelo qual foi estabelecida, mesmo ainda como Congregação Presbiterial: Proclamar a Glória de Deus e suas virtudes redentoras, através da adoração e propagação do seu Evangelho que nos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz.

Que o Senhor Deus nos ajude a reconhecer com gratidão duas coisas:
1) A Sua misericórdia e amor para com a nossa Igreja, através de todos os irmãos que plantaram e com perseverança mantiveram o trabalho até os nossos dias.
2) Que necessitamos da mesma graça e misericórdia para continuarmos a caminhada proposta com a mesma fidelidade e amor ao Senhor e uns pelos outros.

Parabéns Igreja Presbiteriana do Jockey pelo seu 12º Aniversário.

Rev. Marcos Torres

Publicado em Textos | Deixe um comentário

EXEMPLO DE VIDA

IpJoquei_12_final (1)É de nosso conhecimento que o grande líder do povo de Israel, Moisés, teve sua vida separada em três momentos distintos: os primeiros quarenta anos no palácio do Faraó no Egito; depois, outros quarenta anos nas montanhas de Midiã; e por fim, os últimos quarenta anos nos desertos de Sim, Zim e Parã, conduzindo o povo de Israel à terra prometida. Deus o tomou para si aos 120 anos no monte Nebo, onde foi sepultado (Dt. 34:5). A Bíblia nos diz que “dos seus olhos não se retirou o brilho, nem do seu corpo, o vigor” (Dt. 34:7; Sl. 92:14; Sl. 103:5). O grande líder morreu em “ditosa velhice”, deixando, entre muitas, três importantes lições:

1. A MEDITAÇÃO – Intimidade com Deus – Dt. 34:10; Nm. 12:8.
“Nunca mais se levantou em Israel profeta algum como Moisés, com quem o Senhor houvesse tratado face a face”; “Boca a boca falo com ele”. Não há anda mais importante na vida de uma pessoa do que estar na presença do Senhor escutando o que Ele fala.

2. A MANSIDÃO – Controle emocional – Nm. 12:13
“Era Moisés mui manso, mais do que todos os homens que havia sobre a terra”. Mansidão tem a ver com amor e domínio próprio. O poeta sacro certamente evocou 1 Cor. 13:4-7 e Sl. 37:8 quando compôs: “Não te irrites, mas tolera com amor; Tudo sofre, tudo espera pelo amor”. O Dr. Russel Shedd afirmou que a “mansidão é a suavidade dos fortes”. E Jesus no sermão do monte ensinou: “Os mansos herdarão a terra”.

3. A INTERCESSÃO – O cuidado e preocupação com os outros – Êx. 32:32
Moisés nutria um tão grande amor pelo povo de Israel que quando a nação pecou fazendo um bezerro de ouro para adorar, ele orou a Deus dizendo: “Agora, pois, perdoa-lhes o pecado; ou, se não, risca-me, peço-Te, do livro que escreveste” (Êx. 32:32). Ele também falou da longanimidade, misericórdia e perdão de Deus em sua oração intercessória pelo povo (Nm. 14:18,19).

Que a vida de Moisés seja um exemplo prático de intimidade com Deus, de mansidão e de intercessão para todos nós, e particularmente para aqueles que alcançaram a terceira idade.

Rev. Nizan Baia

Publicado em Textos | Deixe um comentário